BEM-VINDOS

BEM-VINDOS

Seguidores

28.2.16

Fotos fantásticas do fundo de rios e mares



























10.12.15

Desejo a todos os visitantes um Feliz Natal 2015








O Natal! A própria palavra enche nossos corações de alegria. Não importa quanto temamos as pressas, as listas de presentes natalinos e as felicitações que nos fiquem por fazer. Quando chegue no dia de Natal, vem-nos o mesmo calor que sentíamos quando éramos meninos, o mesmo calor que envolve nosso coração e nosso lar.

6.8.15

Viana do Castelo Santuário de Santa Luzia


Signos no Churrasco


Fim de semana à porta :)


Jardim principal de Barcelos Portugal


Hiroshima







Em 6 de agosto de 1945,as 8h,15m
a cidade japonesa de Hiroshima
é destruída pela primeira bomba atómica
detonada como arma de guerra.
A bomba foi lançada de um avião americano
modelo B-29, batizado de "Enola Gay".
A bomba “Little Boy” com 60 kg de urânio ,
detonou a 576 metros de altura levando 43 segundos
para cair e iniciar a reacção em cadeia
que matou instantaneamente mais de 80.000 pessoas
nas primeiras horas do lançamento, chegando
a mais de 300 mil pessoas incineradas pelo calor,
ou morrendo aos poucos com os efeitos da radiação.


Imaginem nos dias de hoje existe numa só bomba o poder de mil igual a estas

17.10.14

Pensando






Hoje imaginei este cenário, imaginem um homem comum ir a uma clinica de fertilização e doar esperma, e essa mesma clinica ( não sei os protocolos das mesmas) a doação fica incógnita e portanto fica pai desconhecido......mas uma só doação poderá fazer muitos bebés em fertilização in vitro .....então eu imaginei, várias mulheres poderão ficar grávidas e nascerem vários bebés do mesmo pai, não se conhecendo uns aos outros a possibilidade de se encontrarem, conhecerem e porque não se apaixonarem tem alguma percentagem...digamos uma em um milhão ou até menos...digo eu.....portanto retomando o meu raciocínio.....em algum lugar no mundo irmão poderá casar com outro irmão...



6.10.14

:)





Somewhere in Time



                                               Somewhere in time
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.




Somewhere in Time ('Em algum lugar do passado), é um filme de 1980 do gênero drama e ficção científica, com a direção de Jeannot Szwarc. O filme é baseado no romance de Richard Matheson originalmente publicado com o título deBid Time Return em 1975 e mais tarde republicado como Somewhere in time









O filme retrata a vida de um jovem que retorna ao passado para resgatar uma mulher que, no presente, diz ser o seu grande amor. A história tem início quando o jovem dramaturgo, Richard Collier (Christopher Reeve), conhece uma idosa senhora que lhe entrega um relógio de bolso, seguido da enigmática e desconexa mensagem "volte para mim". Anos depois e desejando espairecer, viaja para um hotel grandioso e antigo, no qual vê a foto da atriz Elise Mckenna (Jane Seymour), por quem apaixona-se perdidamente. No entanto, a fotografia é do ano de 1912, e o jovem decide então voltar ao passado para encontrá-la. Em suas pesquisas sobre a vida da atriz, descobre que ela se tratava, na realidade, da senhora que lhe dera o relógio anos atrás, o que lhe dá a confiança de que ela o conhecia de seu passado. Descobre ainda que Elise morrera na mesma noite em que o vira; além disso, ela possui uma réplica do hotel em que estava sua foto, com a melodia de Rachmaninoff, sua favorita, além de livros sobre viagens no tempo. Tais revelações o inserem num clima de mistério e determinação para encontrar sua amada.

Após inúmeras tentativas, Richard retorna ao passado e encontra Elise, vivendo momentos de amor e companheirismo, numa sintonia que rebate o fato de se conhecerem há pouco tempo. O romance enfrenta a oposição do agente de Elise, William (Christopher Plummer), que sequestra Richard para evitar que ele atrapalhe a carreira de Elise. Quando Richard consegue escapar, retorna ao hotel e reecontra Elise, passando a noite juntos. Após a noite de amor, enquanto tomam café, Richard encontra em seu terno uma moeda, de 1979, o que o faz retornar irremediavelmente para o futuro, diante dos olhos e desespero de Elise. De volta ao futuro, entrega-se à depressão e termina seus dias no hotel onde viveu sem amor. Em meio à temática romântica e fantasiosa do filme, são deixados pequenos enigmas ao longo do filme, a exemplo da origem do relógio: ele foi dado a Richard por Elise, que, por sua vez, o recebeu de Richard, criando um paradoxo proposital no enredo.



Elenco
Christopher Reeve .... Richard Collier
Jane Seymour .... Elise McKenna
Christopher Plummer .... William Fawcett Robinson
Teresa Wright .... Laura Roberts
Bill Erwin .... Arthur Biehl
George Voskovec .... Dr. Gerald Finney





Maksim Mrvica - Somewhere in Time

Silêncio


Silêncio é bom quando aquece o coração, e traz toda a Paz que precisamos !






5.10.14


Inspiração do Momento





Ser pessoa, ser humano, ser gente, portanto
Qualquer um poderá ser
Mas ninguém sabe o que seremos
Até morrer

Ser capaz de existir
De aos outros se unir
Em união plena
E nosso caminho seguir
Porém somos ingratos
Blasfemos
Imbecis
Dizemos o que não pensamos
pensamos o que não fazemos
E com isto vivemos

Nesta vida
Olhando o futuro de olhos vazios
Corações escassos de amor
Sentindo a dor
De não ter realizado
Os sonhos de menino
Porém aqui afirmo
Que tudo pode mudar
Basta olharmos para nós
Bem lá no fundo pensar
Que para tudo há um final
E para tudo existe solução
Pega no teu coração
E mostra a quem passa
Que ser humano é ter a Graça
De viver e ter vida
E com fé e querer
Feliz poderás um dia morrer
E eternamente Viver

Manuela Cardoso @